.........

Chuvas fortes beneficiam o arroz gaúcho

.........

Apesar dos transtornos provocados nas rodovias que ligam Porto Alegre ao sul do Estado, a forte chuva dos últimos três dias começa a garantir um alento para as lavouras de arroz no Rio Grande do Sul. Com a precipitação intensa e concentrada em períodos curtos, os níveis das barragens estão se recuperando e a Emater-RS vê condições de elevação de 10% na expectativa inicial de 1 milhão de hectares para a área plantada com a cultura na safra 2012/13.

"Em Bagé e em Santana do Livramento choveu mais do que a média do mês só nos últimos três dias", diz o diretor técnico da Emater-RS, Gervásio Paulus. Segundo ele, a chuva forte acontece no "momento ideal", porque menos de 10% das lavouras de arroz foram plantadas até agora. Paulus explicou que com o aumento dos níveis das barragens e o alagamento das áreas de várzea, o arroz deve recuperar boa parte da área que seria perdida para a soja, caso persistisse a escassez de água das últimas semanas. "O excesso de água não é bom para a soja porque ela não tolera solo encharcado", disse.

Se o crescimento de 100 mil hectares na área plantada de arroz se confirmar, haverá crescimento de 6,7% sobre o ciclo anterior, quando o plantio cobriu 1,036 milhão de hectares e rendeu 7,6 milhões de toneladas, conforme a Emater-RS. Segundo Paulus, as precipitações também beneficiam as pastagens na metade sul do Estado. No norte e noroeste, a umidade segue escassa.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2834982/chuvas-fortes-beneficiam-o-arroz-gaucho#ixzz26w1KgP1i

Fonte: Valor | Por Sérgio Ruck Bueno | De Porto Alegre