.........

Chuva causa alta de preços agrícolas no atacado de SP

.........

Paulo Fridman / Bloomberg

As chuvas acima da média no mês passado prejudicaram a qualidade e a oferta de frutas, verduras e legumes em São Paulo, o que impulsionou o Índice Ceagesp, composto por 150 itens comercializados no entreposto da estatal federal na capital do Estado e que serve de referência para as oscilações agrícolas no atacado paulista. Depois de cair em janeiro, o indicador encerrou fevereiro com alta de 5,78% e passou a acumular uma valorização de 0,95% no primeiro bimestre.

As maiores altas foram justamente entre aqueles produtos que são mais sensíveis às intempéries, como as verduras. Nesse grupo, os preços subiram, em média, 51,8% em fevereiro, com destaque para as disparadas do coentro (151,3%), da couve (102,5%) e das alfaces (98,6%). O segmento de legumes registrou alta média de 7,92%. Entre as principais valorizações de fevereiro estão a da cenoura (52%), a do pimentão amarelo (32,7%), a da abobrinha italiana (25,1%), a da beterraba (22,2%) e a dos pimentões. Já as frutas apresentaram alta mais modesta em fevereiro, de 1,63%, puxada por manga tommy atkins (55,7%), morango (54%) e laranja pera (34,5%).

Para março, a Ceagesp destaca que normalização das chuvas deverá gerar melhorara na oferta e na qualidade dos produtos da cesta.

Por Cleyton Vilarino | De São Paulo

Fonte : Valor