.........

Chinesa Cofco põe à venda negócio de sementes na América Latina, diz jornal

.........

O grupo chinês Cofco International colocou à venda seu negócio de sementes na América Latina, em meio ao processo de integração de suas últimas aquisições no setor de agronegócio – a holandesa Nidera e a asiática Noble Agri -, afirmou ontem o jornal britânico "Financial Times".

A estatal chinesa contratou o banco de investimento Morgan Stanley para trabalhar no plano.

A notícia foi publicada depois de a agência "Reuters" divulgar, na quarta-feira, que a companhia chinesa considerava vender a Nidera – a informação foi negada, em nota, pela Cofco.

"Apesar de, em geral, não respondermos a esse tipo de especulação, isso é um assunto que pode causar distúrbios em nossos fornecedores, clientes, funcionários e outros stakeholders, por isso queremos reafirmar que a informação não é verdadeira", afirmou a companhia, em nota assinada pelo CEO Kevin Yang, referindo-se à informação divulgada pela Reuters. "A Cofco International continua trabalhando duro para a integração total da Nidera e seus negócios agrícolas, de forma a entregar uma empresa líder no mercado, com forte presença na China. Nossos acionistas estão comprometidos com este processo", conclui a nota.

Segundo fontes ouvidas pela "Reuters", a Cofco passou a considerar a venda da Nidera após irregularidades contábeis que contribuíram para perdas milionárias (e imprevistas) em sua operação na América Latina.

Em recente entrevista ao Valor, Valmor Schaffer, principal executivo da Cofco Intl no Brasil e na América do Sul, disse que a prioridade da empresa neste momento é concluir a integração das operações da Nidera e da Noble Agri, adquiridas para fortalecer os negócios da divisão da Cofco, uma gigante que fatura mais de US$ 40 bilhões por ano. Procurado ontem para comentar a informação do FT, o executivo não se manifestou até o fechamento desta edição.

A Cofco pagou cerca de US$ 1,5 bilhão por uma participação de 51% na Noble Agri em 2014 e mais US$ 750 milhões pelo restante em dezembro de 2015. Em fevereiro, a Cofco se tornou a única proprietária da Nidera, por um valor não revelado. Em abril deste ano, a Cofco combinou as duas empresas e criou a Cofco International.

Por De São Paulo

Fonte : Valor