.........

Chinesa Cofco integra suas operações e ganha fôlego

.........

A maior trading de grãos da China deu mais um passo para se consolidar como concorrente das gigantes globais do agronegócio conhecidas como as "ABCD", grupo formado pelas americanas ADM, Bunge e Cargill e pela francesa Louis Dreyfus Commodities.

Por meio de uma joint venture com o fundo soberano China Investment Corp, a Cofco vai fundir suas participações majoritárias na trading holandesa Nidera e na Noble Agri e criar uma nova instituição, a Cofco International Holdings. Esta será comandada pelo recém-contratado CEO da Noble Agri, Matt Jansen, que era presidente global de oleaginosas da ADM.

Uma vez combinadas as unidades Nidera e Noble Agri, os negócios da Cofco no mercado chinês também serão integrados à Cofco Internacional. O objetivo é criar uma rede global de originação de grãos que terá uma estrutura na China sem paralelos no setor, de acordo com uma fonte de uma das companhias envolvidas.

"A integração já começou e, no futuro, a Cofco International será a plataforma que integrará negócios relacionados para torná-la uma empresa de agronegócio global, que opera da produção à distribuição de produtos", informou a Cofco em comunicado.

Operadores de mercado dizem que, totalmente integrada, a nova empresa de fato poderá ter grande impacto sobre o fluxo global de comércio de grãos, uma vez totalmente integrada.

Paul Deane, economista agrícola sênior do ANZ Bank baseado em Melbourne, na Austrália, é um dos que acreditam que o novo player terá condições de concorrer com o grupo das "ABCD".

Fonte: Valor | Por Reuters