.........

China envia missão a frigoríficos brasileiros

.........

Pelo menos, uma indústria de suínos do Estado deve ser inspecionada

 Chineses são maiores consumidores mundiais de cortes suínos<br /><b>Crédito: </b>  pedro revillion / cp memória

Chineses são maiores consumidores mundiais de cortes suínos
Crédito: pedro revillion / cp memória

Uma missão técnica chinesa deve desembarcar no Estado na próxima semana para vistoriar frigoríficos de suínos. A intenção, segundo o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, é buscar fornecedores brasileiros para abastecer aquele mercado. O dirigente confirmou que a lista contém dez unidades brasileiras, dentre as quais a gaúcha Alibem. Fontes do setor, contudo, indicam que seriam 11 abatedouros, sendo oito de aves e três de suínos no Rio Grande do Sul, possivelmente as plantas da Brasil Foods e da Cosuel. A Cotrijuí também estaria com status de pré-aprovada desde 2010.
A abertura do mercado chinês para a carne suína brasileira ocorreu em abril do ano passado, durante visita da presidente Dilma Rousseff ao país. Na ocasião, três frigoríficos foram habilitados, dois em Santa Catarina e um em Goiás. Segundo o presidente da Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav), Nestor Freiberger, a missão é aguardada há muito tempo. De acordo com ele, pelo menos, 40 plantas brasileiras estão na fila de espera por habilitação. "O mercado chinês é importantíssimo porque tem 1,5 bilhões de habitantes", salienta.
Hoje, Mendes embarca para a Albânia, Hungria, Inglaterra e Rússia. O objetivo é reverter o embargo russo de nove meses às carnes brasileiras. O encontro com a ministra da Agricultura do país, Yelena Skrynnik, será no dia 30. "Quero definir a vinda de missão técnica e trazer resposta positiva para plantas."

Fonte: Correio do Povo