.........

Chile quer aumentar em 50% vendas de salmão para o Brasil

.........

Segundo maior produtor mundial de salmão e principal fornecedor brasileiro, o Chile traçou uma meta ambiciosa para os próximos dois anos. Com o apoio do ProChile, agência de promoção à exportação vinculada à Secretaria de Relações Exterior do país, os produtores iniciaram uma campanha para ampliar as vendas do peixe para o Brasil em 50% até o fim de 2013.

Para atingir a meta, o Chile precisa elevar as exportações das 38 mil toneladas do ano passado para cerca de 57 mil toneladas. No primeiro semestre deste ano, o Brasil importou 28,5 mil toneladas, alta de 77% em relação ao mesmo período de 2011, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Com uma produção estimada em 246,6 mil toneladas, o Chile é responsável por mais de 95% das compras brasileiras de salmão. "Nossos esforços estão voltados para os supermercados. As vendas ainda estão concentradas em restaurantes", diz Melanie Whatmore, gerente da campanha Salmón de Chile, lançada em junho.

Com investimentos de US$ 2 milhões, a campanha deve chegar aos supermercados do Rio de Janeiro e São Paulo em agosto. "Vamos vender o peixe com a marca Salmón de Chile no Pão de Açúcar, Walmart e Carrefour", revela Melanie.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2765270/chile-quer-aumentar-em-50-vendas-de-salmao-para-o-brasil#ixzz21jggixIX

Fonte: Valor | Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo