.........

CENTRAL DE COMUNICAÇÃO // CNA – CNA debaterá necessidade de uma gestão inteligente do território brasileiro

.........

Brasília (02/05/2017) – Para discutir os desafios da gestão do espaço territorial brasileiro, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realizará, no próximo dia 9, o seminário “Agro em Questão – Qual o futuro da Gestão Territorial no Brasil?”

Os estudos do chefe-geral da Embrapa Monitoramento por Satélite, pesquisador Evaristo Eduardo de Miranda, servirão de ponto de partida para o debate. As experiências compartilhadas poderão ajudar o Brasil a encontrar soluções para os problemas de forma mais rápida e eficaz.

O seminário também discutirá o processo de vinculação dos cadastros públicos de imóveis rurais. Desde 2015, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) trabalham na integração das bases de dados fundiária e tributária das propriedades e posses no país com o objetivo de implantar do Cadastro Nacional de Imóveis Rurais (CNIR).

Outras bases de dados serão integradas ao CNIR no futuro e esse novo cadastro poderá ser uma importante ferramenta para a gestão territorial no Brasil.

Para o coordenador de assuntos estratégicos da CNA, Ciro Siqueira, o evento tem o objetivo de levantar a discussão sobre a necessidade de uma gestão inteligente e integrada que garanta o aproveitamento eficiente do território brasileiro. “Teremos a oportunidade de conhecer o estado da arte desse debate no Brasil e algumas das principais ferramentas para seu desenvolvimento no futuro”.

O evento é aberto ao público interessado e as inscrições já podem ser feitas no site da CNA
http://www.cnabrasil.org.br/agro-em-questao-qual-e-o-futuro-da-gestao-territorial-no-brasil

Serviço
Seminário Agro em Questão – Qual o futuro da Gestão Territorial no Brasil?
Data: 9 de maio (terça-feira)
Horário: 08h30 às 17h
Local: Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)
SGAN Quadra 601 Módulo K Ed. Antonio Ernesto de Salvo – Brasília DF

Assessoria de Comunicação CNA

Fonte : CNA