.........

Carrefour e Pão de Açúcar fazem recall

.........

O Carrefour retirou de suas lojas os produtos provenientes dos estabelecimentos frigoríficos mencionados nas denúncias da operação Carne Fraca. O Grupo Pão de Açúcar também fez o recolhimento de mercadorias que estavam em seus centros de distribuição, e que ainda não haviam sido despachadas para as lojas.

Não havia mercadorias desses estabelecimentos frigoríficos à venda nas lojas do GPA – apenas nos estoques, informa o grupo.

Procurado, o Walmart disse que interrompeu as compras de produtos das unidades interditadas e que está fazendo, neste momento, um levantamento para verificar se há itens nos pontos de venda da companhia.

Somados, os três grupos varejistas têm cerca de dois mil pontos de venda no Brasil.

O processo de verificação e retirada das mercadorias no Carrefour e no GPA começou na sexta-feira passada, após o surgimento das primeiras informações sobre a operação da Polícia Federal.

As interdições ocorreram no frigorífico da BRF de Mineiros (GO), de abate de frangos, e nas unidades da Peccin em Jaraguá do Sul (SC) e em Curitiba (PR), que produzem embutidos.

O GPA informou que o grupo recebia regularmente um volume pequeno de produtos fabricados nessas unidades – não disse exatamente o número – e ressaltou que a compra e o recebimento de novas mercadorias oriundas dessas plantas foram bloqueados.

Carrefour e GPA ressaltaram que fizeram a seleção dos produtos a serem recolhidos com base na sua origem – ou seja, se foram produzidos em plantas frigoríficas interditadas – e não com base na marca das empresas.

Por Adriana Mattos | De São Paulo

Fonte : Valor