CANAL RURAL – NOTÍCIAS – AGRICULTURA – Frente Parlamentar da Agropecuária garante R$ 850 milhões para seguro agrícola 2016

Valor foi confirmado pelo deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS) na manhã desta terça, dia 15; Ministério da Agricultura participa de coletiva para balanço do ano de 2015

O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS) confirmou na manhã desta terça, dia 15, R$ 850 milhões para subsidiar o prêmio do seguro agrícola em 2016. Segundo ele, os recursos foram garantidos pelo relator da proposta de Orçamento para o próximo ano, deputado Ricardo Barros (PP-PR). Inicialmente, o governo iria destinar R$ 400 milhões, mas foi convencido da necessidade de suplementação da verba. Do volume, R$ 350 milhões serão redirecionados do Programa de Garantia de Preço Mínimo (PGPM) e R$ 100 milhões da cota do relator geral.

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, disse em entrevista coletiva para balanço do ano de 2015, que a pasta vem buscando aumentar a produtividade do agronegócio e, ao mesmo tempo, reduzir o desmatamento, principalmente o ilegal. "Que bom seria se pudéssemos produzir tudo o que produzimos sem desmatar uma árvore. É uma utopia. Desmatamos não foi para deixar as áreas ao vento, foi para fazer uma das agropecuárias mais produtivas do mundo", afirmou.

Kátia Abreu disse que é necessário gerar maior confiança no mercado interno e externo em relação aos produtos agrícolas brasileiros. "Precisamos romper fronteiras para o bem do agronegócio brasileiro", acrescentou.

A ministra afirmou que é preciso vigiar constantemente a modernização dos processos agrícolas e comparou com a democracia. "As pessoas acham que democracia vem, instalou e ninguém tira. Tira sim. Tem que vigiar todo dia", afirmou.

Ela falou ainda que a pasta teve um corte de mais de R$ 500 milhões e, com isso, teve que remanejar R$ 370 milhões em receitas para atividades fim, como defesa agropecuária. "Nosso objetivo é reter despesas desnecessárias para deslocar e fazer qualidade do gasto público. Fizemos muito mais, com muito menos", afirmou.

Também foi lançado nesta terça, 15, uma nova versão do sistema de estatísticas de comércio exterior do agronegócio (AgroStat Brasil).

Cargos

Luís Eduardo Rangel foi oficializado secretário de Defesa Agropecuária e Guilherme Marques subsecretário.

Fonte : Canal Rural