CANA – Czarnikow dobra previsão de déficit global de açúcar em 2015/16

Na principal região produtora, 582 milhões de toneladas de cana-de-açúcar foram processadas

agricultura_cana_acucar (Foto: Thinkstock)

Clima mais úmido no Brasil afetou a produção de aúcar no mundo inteiro (Foto: Thinkstock)

A trading Czarnikow dobrou nesta quinta-feira (17/12), sua estimativa de déficit mundial de açúcar na temporada 2015/2016, para 8,2 milhões de toneladas. A estimativa anterior, de 4,1 milhões de toneladas, tinha sido divulgada em setembro.

Segundo a trading, a revisão foi motivada pelo clima mais úmido no Brasil, que afetou oprocessamento de cana no fim da temporada. A Czarnikow acrescentou que as chuvas neste ano ficaram mais de 20% acima da média histórica.

saiba mais

Nos últimos dias, Platts Kingsman e Capital Economics também elevaram suas projeções de déficit. No Centro-Sul do Brasil, apenas 582 milhões de toneladas de cana foram processados, de um total de 650 milhões de toneladas disponíveis, disse a Czarnikow, lembrando ainda que as usinas da região deram prioridade à fabricação de etanol.

Como resultado, a produção de açúcar deve cair 4% em relação ao ciclo anterior, para 178,9 milhões de toneladas, disse a trading. Em setembro, a Czarnikow tinha estimado a produção em 183,2 milhões de toneladas. Já o consumo foi estimado em 182,9 milhões, um aumento de 2,4% ante a temporada anterior.

A nova projeção representa pequena alta em relação à divulgada em setembro, de 182,7 milhões de toneladas. "A produção se estagnou nos últimos anos, enquanto o consumo continua aumentando cerca de 2% ao ano", disse o gerente de análise da Czarnikow, Stephen Geldart. "A questão para o mercado em 2016 é o preço necessário para maximizar a produção de açúcar no curto prazo, e o preço que pode incentivar investimento de longo prazo nos setores de cana e beterraba no mundo."

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural