Campo e lavoura – Milho sai de azarão para grata surpresa nesta safra de verão

Levantamento da Conab aponta produtividade histórica para o grão

Milho sai de azarão para grata surpresa nesta safra de verão Omar Freitas/Agencia RBS

Colheita da safra de milho na região de PanambiFoto: Omar Freitas / Agencia RBS

No balanço da safra de verão do Estado, o milho, que largou na condição de azarão, tem sido uma grata surpresa. Levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostra produtividade histórica para o grão, de 6.843 quilos por hectare, batendo o resultado alcançado no ciclo passado.

– Essa produtividade é excepcional, resultado de boa tecnologia aliada à questão climática – avalia Ernesto Irgang, superintendente substituto da Conab no Rio Grande do Sul.

Safra de milho é colhida com bom rendimento e alta de preço no Rio Grande do Sul

A redução no volume total produzido – neste momento estimado em 5,9 milhões de toneladas – reflete apenas a diminuição de área, de 8,3%. O milho vem perdendo espaço para a soja, mas a atual combinação de bom rendimento e preços valorizados poderá ter impacto positivo no próximo ciclo, revertendo a queda.

Na colheita de grãos, o Rio Grande do Sul não terá resultado recorde. As 31 milhões de toneladas projetadas são inferiores ao resultado do ciclo 2014/2015. A produção de soja, estimada em 15,27 milhões de toneladas, deve diminuir a diferença, mas não superar a última safra.

No país, a Conab prevê volume recorde de grãos, com 210,3 milhões de toneladas, 1,3% superior ao do ano passado. Em relação à previsão de dezembro, no entanto, houve redução de cerca de 200 mil toneladas.

Leia todas as últimas colunas de Gisele Loeblein

Por: Gisele Loeblein

Fonte : Zero Hora