Campo e Lavoura – Massas, biscoitos, bolos e pães industrializados ficam até 12% mais caros

 

Projeção é da Abimapi e reflete aumento no valor da farinha de trigo, da mão de obra e a variação cambial

Massas, biscoitos, bolos e pães industrializados ficam até 12% mais caros Sirli Freitas/Agencia RBS

Peso da farinha de trigo nos custos da produção varia conforme o produto, chegando a 70% nas massas e 40% nos biscoitosFoto: Sirli Freitas / Agencia RBS

Para quem gosta de produtos à base de farinha de trigo, uma notícia indigesta. Os preços de biscoitos, massas, pães e bolos industrializados devem ter reajuste de 12%, conforme projeção da Abimapi, associação que reúne 94 indústrias do segmento. Aumento esse que foi se consolidando ao longo do ano, a partir da combinação de ingredientes como a alta dos insumos utilizados na produção, desde a farinha, passando pela variação cambial e chegando à mão de obra.

— O produto que em janeiro de 2015 custava R$ 10, teoricamente, ficará em R$ 11,20. Teoricamente, porque depende de empresa para empresa — explica Claudio Zanão, presidente da Abimapi.

Leia mais: frustração com reflexos em 2016

A dependência da farinha de trigo tem pesos diferenciados. No caso das massas, representa 70%. Nos biscoitos, é de 40%, e nos pães e bolos industrializados, 30%. Como o Brasil não é autossuficiente na produção de trigo, precisa trazer o produto de fora — são pelo menos cinco milhões de toneladas. Neste ano, a conta pode engrossar um pouco mais, considerando a redução na safra de trigo do Rio Grande do Sul, que encolheu 34% em relação ao volume esperado no início do ciclo.

Leia mais: estragos da chuva aumentam em até 115% o preço da alface

— Aumentou quase tudo neste ano, se não há reposição de custos, a empresa quebra — pondera Zanão.

Apesar das altas, o volume de vendas desses produtos deverá se manter.

Por: Gisele Loeblein

Fonte : Zero Hora