.........

Campo e Lavoura – AGRONEGÓCIO – Futuro do agronegócio em debate na Capital

.........

EVENTO OCORRE AMANHÃ no Teatro da PUCRS, em uma promoção do Campo e Lavoura de ZH

Os rápidos avanços da tecnologia e a necessidade de produção sustentável são dois dos pilares do agronegócio. Mas, quando se fala em desenvolvimento rural, há ainda dúvidas sobre os caminhos a serem trilhados nas próximas décadas. Até quando poderemos ampliar a colheita de grãos sem esgotar recursos naturais? Haverá terras disponíveis ou precisaremos de lavouras verticais para alimentar a humanidade? Como diminuir o impacto das variações climáticas e a invasão de pragas?

Na tentativa de responder a essas e outras questões, Zero Hora reúne especialistas no Campo em Debate – O Futuro do Agronegócio, no Teatro da PUCRS, em Porto Alegre. Mediado pela jornalista e colunista de agronegócio Gisele Loeblein, o encontro integrará produtores, indústrias, consultores, profissionais e estudantes.

– O agronegócio é um pilar de extrema importância para a economia gaúcha e, por isso, deve estar refletido no conteúdo que é produzido pela RBS. Promover o debate e conectar os gaúchos aos temas que contribuem para o desenvolvimento do Estado está no DNA da nossa empresa, e esse projeto reforça a nossa vocação – afirma Claudio Toigo Filho, CEO de Mídias do Grupo RBS.

O evento, promovido pelo jornal Zero Hora com o apoio da Syngenta, marca o encerramento do projeto especial Campo e Lavoura da Terra à Mesa. Ao longo de 2017, foram cinco cadernos encartados em Zero Hora com abordagens diferenciadas sobre assuntos do meio rural.

Os cadernos especiais trataram dos temas tecnologia, mercado, sustentabilidade, mão de obra e contribuições do setor à sociedade, sempre com uma linguagem leve e interativa. Para cada publicação, foram produzidos conteúdos online e vídeos exclusivos para o gauchazh.com.

Campo e Lavoura

Fonte : Zero Hora