.........

CAMPO ABERTO – VENDAS CONTIDAS

.........

Em ritmo de recuperação nos primeiros meses do ano, até o escândalo da JBS, as vendas de máquinas agrícolas perderam força pelo segundo mês consecutivo na comparação anual. Em julho, foram negociadas 3,9 mil unidades no país, 2,6% a menos do que no mesmo período de 2016. Apesar do pequeno recuo, no acumulado do ano, o setor ainda apresenta alta de 17,1%, com 25,2 mil equipamentos em 2017, conforme dados divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

? O problema político acabou estagnando um pouco os negócios, assim como a redução de preço das commodities ? confirma Claudio Bier, presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul (Simers).

Para compensar a redução no mercado interno, as exportações do segmento alcançaram 1,3 mil unidades em julho, 75% superior ao mesmo mês em 2016.

? Aos poucos, as indústrias estão voltando a contratar também ? acrescenta Bier.

Para agosto e setembro, a expectativa é em relação às vendas na Expointer ? feira que começa no próximo dia 26.

gisele.loeblein@zerohora.com.br zerohora.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora