CAMPO ABERTO – PRÓXIMO ENDEREÇO

Terminada a Expodireto-Cotrijal, as atenções do agronegócio se voltam agora para a Agrishow (foto acima, edição de 2017), que ocorre de 30 de abril a 4 de maio. Realizada em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a feira é uma das mais importantes do país. Vice-presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) e presidente da Agrishow, Francisco Matturro é puro otimismo. Ele projeta crescimento entre 5% e 8% nos negócios, que no ano passado chegaram a R$ 2,2 bilhões:

– No período do evento, já teremos a safra colhida e boa parte vendida.

A redução da taxa de juro no próximo Plano Safra, sinalizada pelo ministro Blairo Maggi durante a feira gaúcha, não deverá ser empecilho para as vendas.

– Juro menor é sempre muito positivo para a economia. E nossos expositores têm criatividade suficiente – opina Matturro.

O dirigente, inclusive, tem a expectativa de que o anúncio do Plano Safra 2018/2019 possa ser feito durante o evento. O pacote precisa ter três pilares, na avalição de Matturro: recursos suficientes, manutenção do percentual financiado e taxa fixa de juro.

Os organizadores esperam que o número de visitantes na Agrishow seja 10% maior do que o do ano passado, quando 160 mil pessoas passaram pela área de 222 hectares da exposição.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

ANTERIOR

Fonte : Zero Hora