.........

CAMPO ABERTO – PISANDO EM OVOS

.........

Superintendente do Ministério da Agricultura no Estado, Roberto Schroeder escolheu com cuidado as palavras, mas não deixou de manifestar sua posição sobre a contratação de veterinários da iniciativa privada para a inspeção:

– Não concordo. Não sei se é a melhor solução.

O Rio Grande do Sul aprovou legislação que permite a terceirização da função para as empresas com fiscalização estadual. As indústrias que têm o selo SIF seguirão sendo inspecionadas pelos auditores fiscais agropecuários federais. Por enquanto. O Ministério da Agricultura abriu processo seletivo para a contratação de 300 veterinários temporários para atuar na inspeção. A medida causou descontentamento entre os agentes públicos, que pedem concurso para resolver o déficit de 1,6 mil profissionais no país.

A manifestação de Schroeder foi durante encontro na Associação Gaúcha de Avicultura, em comemoração ao dia estadual da avicultura e do avicultor e aos 52 anos da entidade.

gisele.loeblein@zerohora.com.br zerohora.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora