CAMPO ABERTO – Medindo o ânimo

 

Primeira grande feira agrícola do Brasil no ano, o Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR), é um termômetro, nesta semana, de como os investimentos do agronegócio irão se comportar em 2018. O presidente da mostra, Dilvo Grolli, estima que o faturamento irá superar o do ano passado, quando rendeu R$ 1,5 bilhão em negócios. Responsável por grande parte das vendas, o setor de máquinas e implementos agrícolas espera dar continuidade à retomada do mercado – que parou de cair em 2017 após quatro anos de retração.

– A expectativa é de crescer de 3% a 5% em relação ao ano passado – projeta Alexandre Blasi, diretor de mercado da New Holland no Brasil.

Entre as novidades da feira, está o lançamento global da marca Brevant, que irá unir nos próximos meses os produtos da Coodetec, BioGene e Dow Sementes. As sementes de soja, milho e sorgo da Brevant, junto com os produtos da Pioneer, irão compor o portfólio global de sementes da Divisão Agrícola da DowDuPont.

– Nossa proposta é ter duas marcas fortes no Brasil: Pioneer e Brevant. Queremos facilitar o processo de decisão do produtor – explicou Roberto Hun, presidente da Divisão Agrícola da DowDupont.

Inicialmente, as sementes estarão disponíveis no Brasil, na Argentina, no Paraguai, no México e no Canadá, além de parte da Europa.

caio.cigana@zerohora.com.br

CAIO CIGANA

Fonte : Zero Hora