.........

CAMPO ABERTO – GISELE LOEBLEIN – Vinícolas do RS buscam ampliar mercado na China

.........

País asiático, ao lado de Estados Unidos e Japão, é um dos três destinos-alvos para exportações de suco de uva

Mônica Dornelles / Ibravin,Divulgação

Mônica Dornelles / Ibravin,Divulgação

É com objetivo de ganhar espaço no mercado de suco de uva que seis vinícolas do Rio Grande do Sul chegam nesta terça-feira à ProWine China, feira que vai até quinta-feira em Xangai. Aurora, Miolo Wine Group, Mioranza, Peterlongo, Salton e Vinhos Canção participam do evento por meio do projeto Wines of Brazil e Grape Juice From Brazil. Segundo Diego Bertolini, gerente de promoção de marketing do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o país asiático, ao lado de Japão e Estados Unidos, é um dos três destinos-alvos para as exportações da bebida:

– O suco de uva do Brasil é integral, diferentemente do americano, outro player, que é, na maioria, concentrado. Queremos focar neste nicho de mercado (China), que tem um consumidor disposto a pagar mais.

  • De novembro de 2016 a setembro deste ano, as exportações de produtos vinícolas brasileiros para lá somaram US$ 403 mil e 128,5 mil litros, alta de  38% e 132%. O gerente de marketing do Ibravin completa que a China foi o país em que os embarques mais cresceram percentualmente no último ano:

– Avançamos em volume e valor.

O interesse nos consumidores do país asiático é tanto que a Miolo, por exemplo, tem seis lojas em cidades chinesas. São três em Xangai, uma em Cantão, uma em Sanya e outra em Haikou, com vinho como carro-chefe.

Fonte : Zero Hora