CAMPO ABERTO – Gisele Loeblein: aberto aos interessados

 

Empresas poderão participar de pregão eletrônico para Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI) da Expointer a partir desta segunda-feira

Gisele Loeblein: aberto aos interessados Emílio Pedroso/Agencia RBS

Foto: Emílio Pedroso / Agencia RBS

Está marcado para a manhã desta segunda-feira o pregão eletrônico para a contratação emergencial da empresa que irá elaborar o Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PCCI) do parque Assis Brasil, em Esteio. O documento é pré-requisito para a liberação da área, de 143 hectares, para a Expointer. O valor máximo previsto para a execução do serviço é de R$ 570 mil e foi obtido a partir da média de quatro orçamentos.
Gisele Loeblein: custos e crise inibem inscrições na Expointer
— É uma área grande, com 438 edificações. Para se ter uma ideia, são mais de 400 caixas de luz que têm de ser ajustadas — explica André Petry da Silva, secretário-substituto da Agricultura.
O trabalho a ser feito pela empresa vencedora está dividido em quatro fases, com prazo para conclusão da primeira até o dia 21 de agosto. Inclui elaboração da planta de localização — com metragem das ruas e prédios, apontamento dos locais de risco e dos sistemas de combate a incêndio —, identificação dos pontos de instalação dos extintores de incêndio, laudo elétrico e estrutural, adaptação das instalações, treinamento de brigadistas e delimitação dos acessos das viaturas.
A um mês da Expointer, veja como estão as obras no parque Assis Brasil
— A ideia é ter a contratação definida até o lançamento da Expointer, na quarta-feira, dia 5 — completa Silva. Na sexta-feira, foi feito o pregão da licitação para as bilheterias da exposição. A Job Recursos Humanos foi habilitada em primeiro lugar e tem três dias úteis para apresentar a documentação. A proposta fechou em R$ 2,07 milhões, acima do lance inicial de R$ 1,6 milhão.

Leia as últimas notícias do dia

Fonte : Zero Hora