.........

CAMPO ABERTO – EXPORTAÇÃO PAGA MAIS

.........

Entusiasta da exportação de gado em pé, a Associação Brasileira de Angus (ABA) se posicionou contra a paralisação dos embarques. O negócio é visto como oportunidade de melhor remuneração enquanto o mercado interno está em baixa.

– A exportação tem balizado o preço do terneiro no RS. Conseguimos de R$ 6,50 (o quilo vivo) para cima. Sem exportação, cai para R$ 5 – alerta o presidente da ABA, José Roberto Pires Weber, que também cita a necessidade de defender o livre comércio.

Na busca por garantir o suprimento, exportadores adiantam a produtores o valor equivalente a 100 quilos por terneiro. O restante é pago no embarque, de acordo com a diferença de peso.

caio.cigana@zerohora.com.br

CAIO CIGANA

Fonte : Zero Hora