.........

Campo Aberto – Gisele Loeblein – Expodireto provoca lotação de rede hoteleira em região de Não-Me-Toque

.........

Bom momento do agronegócio estimula procura, avalia presidente do Sindihotel

Deixe para a última hora a procura por uma vaga em um hotel para o período da Expodireto-Cotrijal e perceberá que essa é uma missão impossível, mesmo que esteja disposto a andar mais de cem quilômetros. Um dos efeitos positivos da feira é a lotação completa da rede hoteleira da região durante e até antes mesmo do evento. A taxa de ocupação prevista é de 100% durante os cinco dias da feira.

O presidente do Sindicato Intermunicipal de Hotelaria do Rio Grande do Sul (Sindihotel), Manuel Cacheiro, estima cerca de 3 mil leitos em um raio de cem quilômetros de Não-Me-Toque. Para ele, o bom momento do agronegócio será garantia de lotação. Em média, as diárias cobradas pelos estabelecimentos no período entre 6 e 10 de março giram entre R$ 150 e R$ 180.

E para quem quer ficar bem pertinho, a situação é ainda mais complicada. No Ibis Budget, que fica na cidade de Não-Me-Toque, os oitenta apartamentos estão reservados desde antes da feira do ano passado terminar.

– Alguns quartos têm pré-bloqueio para os dias da feira por um período de 10 anos, desde que o hotel foi inaugurado, em 2014 – explica a gerente, Andréia Bini.

O hotel foi o primeiro da rede a ser instalado em um município com menos de 20 mil habitantes.

Colaborou Fernando Soares

Por: Gisele Loeblein

Fonte : Zero Hora