.........

CAMPO ABERTO – COMPENSANDO O EMBARGO RUSSO

.........

O crescimento das exportações para China e Hong Kong reduziu o impacto do embargo da Rússia à carne suína brasileira, válido desde dezembro do ano passado. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal, os chineses importaram 13,5 mil toneladas em janeiro, 122% acima do mesmo mês de 2017. Para Hong Kong, o embarque somou 17,2 mil toneladas, alta de 23%.

Apesar da redução no total vendido para o Exterior, as exportações para a China neste início do ano superaram a média dos embarques realizados para a Rússia no primeiro mês dos últimos cinco anos. O próximo mercado promissor na região a ser aberto é a Coreia do Sul.

Colaborou

Joana Colussi

caio.cigana@zerohora.com.br

CAIO CIGANA

Fonte : Zero Hora