CAFÉ RESULTADO – Colheita de café na Cooxupé atinge 53,43% do total

Na comparação com o resultado do ano passado, trabalhos estão atrasados

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Cerrado Mineiro: atraso na colheita de café impacta exportação
Tempo seco deve agilizar colheita do café
A colheita da safra de café 2015/2016 na área de atuação da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé), a maior cooperativa do setor do mundo, alcança mais da metade da área plantada em produção.

Conforme a cooperativa, o clima mais seco teve "fundamental importância" para o avanço dos trabalhos. Até 1 de agosto, 53,43% da produção havia sido colhida, avanço de 11,86 pontos porcentuais em relação à semana anterior. Entretanto, na comparação com o mesmo período do ano passado, quando 71,01% da produção já tinham sidos colhidos, os trabalhos desta safra estão bem atrasados.

– Com esse ritmo, a cooperativa estima que os trabalhos devem ser concluídos no fim do mês de setembro – informou a Cooxupé.

A cooperativa comentou que o início tardio da colheita neste ano – em junho – em nada interferirá nos preços, que os volumes de saída de café estão normais e que a comercialização está fluindo normalmente.

– Grande parte da safra já foi vendida por negócios futuros – ressaltou.

São Paulo continua com o maior avanço da área colhida (considerando somente os cooperados da Cooxupé), passando de 49,11% no dia 25 de julho para 61,04%. Na sequência, ficou o sul de Minas que, na mesma base de comparação, tinha 57,54% da safra colhida ante 46,67%. A colheita no cerrado mineiro ainda não atingiu a metade. Na região, a área colhida avançou de 33,21% para 46,48%.

Incluindo os cafeicultores não cooperados, nas três regiões levantadas pela cooperativa, a área colhida aumentou de 40,72% para 52,09%. No mesmo período da safra 2014/15, esse porcentual era de 70,64%.

Fonte : Canal Rural