.........

BRF faz primeiro embarque de carne suína ao Japão

.........

Claudio Belli/Valor / Claudio Belli/Valor
Wilson Mello, da BRF: otimismo com vendas de carne suína ao mercado japonês

A BRF vai fazer o primeiro embarque de carne suína de uma empresa brasileira para o Japão. O primeiro contêiner, com 25 toneladas, será embarcado no próximo domingo, segundo o vice-presidente de assuntos corporativos da BRF, Wilson Mello.

De acordo com a empresa, a encomenda formada por cortes de filé de lombo e sobrepaleta de lombo sairá do porto de Itajaí (SC). Os itens foram produzidos na unidade da BRF em Campos Novos (SC), uma das duas plantas da companhia habilitadas para exportar ao Japão.

Após cerca de sete anos de negociações, o país asiático reconheceu o Estado de Santa Catarina como livre de aftosa sem vacinação em maio passado. Isso significou a abertura do país à carne suína produzida no Estado.

De acordo com a BRF, a encomenda foi feita pela Mitsubishi, um dos maiores players do setor de carne no Japão. A trading japonesa já faz importação de frango produzido pela BRF para o Japão há vários anos. "A BRF espera desenvolver com a Mitsubishi, em suínos, a mesma parceria que já tem em frango", afirmou Mello.

Segundo ele, a rapidez com que o negócio foi fechado – pouco mais de um mês após a abertura do mercado japonês – foi possível porque já existe uma relação entre o importador e a BRF. "Quando a China abriu o mercado, demoramos nove meses para embarcar o primeiro contêiner", lembrou o executivo.

Além da unidade de Campos Novos, a planta da BRF de Herval D’Oeste (SC) também foi habilitada para exportar carne suína ao mercado japonês. O executivo não informou estimativas de volumes de carne suína que a BRF prevê exportar ao Japão, mas disse que a expectativa é de que haja embarques mensais do produto.

"O Japão é um mercado que vai mudar a história da suinocultora no Brasil", disse o vice-presidente de assuntos corporativos da BRF. Ele faz coro com Pedro de Camargo Neto, ex-presidente da Abipecs (Associação Brasileira da Indústria, Produtora e Exportadora de Carne Suína), que iniciou as negociações com o Japão para a abertura de Santa Catarina.

Em maio passado, Camargo Neto disse que a abertura do mercado japonês deve alavancar as vendas da carne suína produzida no Estado. Ele estimou que o Brasil poderia exportar entre US$ 100 milhões e US$ 200 milhões do produto ao Japão. Só no ano passado, o país asiático importou US$ 5 bilhões em carne suína de várias origens. O país asiático é o maior importador global de carne suína. (AAR)

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3195818/brf-faz-primeiro-embarque-de-carne-suina-ao-japao#ixzz2Ypp1tjFd

Fonte: Valor | Por De São Paulo