Biodiesel impulsiona canola no RS

Fonte:  Correio do Povo

 Safra será aberta hoje na localidade de Vista Alegre no Alto Jacuí<br /><b>Crédito: </b>  LETÍCIA VAZOLIN / DIVULGAÇÃO / cp

Safra será aberta hoje na localidade de Vista Alegre no Alto Jacuí
Crédito: LETÍCIA VAZOLIN / DIVULGAÇÃO / cp

Conduzida ao centro das atenções pelo momento favorável, impulsionado pela demanda por biodiesel, a safra nacional de canola será aberta hoje, em Colorado, no Alto Jacuí. A propriedade de Valdecir Nodari, fica na localidade de Vista Alegre, num dos municípios de destaque na cultura, com 850 hectares. O preço médio da saca ao produtor chegou a R$ 46,00 na semana passada, acima da soja, cotada a R$ 44,24.
Levantamento preliminar da Emater indica o avanço de 27% na área plantada no Estado. Com isso, a estimativa é de colheita de 53 mil toneladas. Em 2010, a canola ocupou 24 mil ha. "Além do incentivo do Programa Nacional de Biodiesel, o avanço da tecnologia também contribui para o resultado" explica o agrônomo da Emater, Alencar Rugeri. O especialista cita a segurança de preço e assistência técnica como benefícios do programa, criado em 2004. Outra vantagem seria que o preço balizador baseia-se na cotação da soja
De acordo com ele, o Estado vem se destacando como exportador de biodiesel, pois atende a 25% da demanda nacional, enquanto o consumo estadual gira entorno de 8%. "O produtor tem que estar consciente do momento oportuno". Apesar do cenário, desenvolvimento e rendimento de grão estão em xeque devido a uma doença causada por excesso de água e baixa insolação.