.........

Banrisul mais perto de cooperativas

.........

 Guilherme Cassel<br /><b>Crédito: </b>  mauro schaefer

Guilherme Cassel
Crédito: mauro schaefer

Nesta edição da Expointer, o Banrisul apostou na aproximação com as cooperativas agrícolas. "Estamos nos reposicionando no mercado de crédito rural, e as cooperativas nos procuraram porque nossa liberação é muito ágil", justifica o diretor de crédito do banco, Guilherme Cassel. Além de trabalhar com o Procap-Agro, a instituição lançou na feira o Banrisul Simplificado, que promete agilizar os financiamentos e facilitar o acesso de associados aos recursos para custeio agrícola e pecuário. Desde o lançamento do programa, duas cooperativas já haviam assinado pré-contratos com o banco, em transações na ordem dos R$ 8 milhões. "No último ano agrícola (junho de 2011 a julho de 2012), o Banrisul alocou R$ 574 milhões para as cooperativas. Trabalhamos para crescer neste próximo ano", avalia o superintendente de Negócios Rurais do banco, Carlos Barbieri. O banco fechou na feira R$ 105 milhões em convênios com cooperativas. "Para se ter uma ideia, em 2011, o volume total foi de R$ 13 milhões", frisa o dirigente.
Entre as principais operações formalizadas durante a Expointer, Barbieri cita convênio com a Cooperativa Tritícola de Sananduva no valor de R$ 15 milhões (recebeu mais R$ 10 milhões do BRDE, num total de R$ 25 milhões em recursos); com a Cooperativa Tucunduva, que receberá R$ 10 milhões do Procap Agro; a Agro Danielli, com R$ 10 milhões para investimentos em aviários, e a Vinícola Garibaldi, que receberá R$ 6 milhões do FGPP, para estoque e comercialização de uva. "Na Expointer, recebemos o presidente da cooperativa e ficamos sabendo como está o setor. Essa iniciativa estreita a relação do banco com as cooperativas agrícolas e impulsiona novos negócios", completa Barbieri.

Fonte: Correio do Povo