Augustin diz que subsídio é correto

Em audiência no Senado, o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, apoiou a política do governo federal de captar recursos no mercado e repassar o dinheiro ao BNDES para que o banco conceda empréstimos a juros menores. Augustin contestou críticas de que isso provoca prejuízo ao governo.
Segundo o secretário, essa política aumentou os investimentos, elevando a capacidade produtiva das empresas e a infraestrutura do país. Na avaliação dele, isso permitiu ao país crescer a taxas mais elevadas sem gerar inflação alta, o que abriu espaço para a redução de juros pelo Banco Central. Com taxas menores, afirmou, o governo economizou ao pagar menos juros.
– Não há prejuízo fiscal porque a possibilidade que essa política gera é de redução importante das taxas de juros. Ou seja, hoje o país paga menos juros do que pagava antes – disse Augustin em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.
O secretário do Tesouro também afirmou ainda que a situação fiscal do país melhorou. Segundo Augustin, uma prova disso é a redução acentuada dos juros pagos pelo Tesouro para captar recursos no mercado internacional, que recuaram de 6% em 2007 para 2,75% neste ano.

Fonte : Zero Hora