ARROZ – Fiscalização interditada arrozeira no Rio Grande do Sul

A decisão é resultado da segunda operação conjunta do Ministério do Trabalho com o Ministério Público do Trabalho

arroz-colhido-grao-cereal (Foto: Dan Mitler/CCommons)

A filial da unidade industrial Pelotas, da Nelson Wendt & Cia (nome fantasia Nelson Wendt Alimentos) teve máquinas e atividades interditadas nesta quarta-feira (6) por apresentarem grave e iminente risco aos empregados.

A decisão do Ministério do Trabalho resulta da segunda operação conjunta com o Ministério Público do Trabalho (MPT). A força-tarefa fiscaliza condições de saúde e segurança nos postos de trabalho nas indústrias orizícolas gaúchas.

Foram interditados atividades de movimentação de cargas nos setores de descarregamento, pré-limpeza, engenho, empacotamento do arroz e carregamento; andaimes simplesmente apoiados; caldeira, sistema de tubulações de vapor, entre outras atividades.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte :  GLOBO RURAL