.........

Amazônia Legal tem alta de desmate em agosto

.........

Altos índices nos Estados de Mato Grosso e Pará alavancaram os números; a devastação do bioma foi de 522 km² no período

por Agencia Estado

 Shutterstock

Dados divulgados nesta segunda-feira (24/9) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que no mês de agosto foi registrada a maior área de desmatamento da Amazônia Legal nos últimos três anos. Alavancada por altos índices nos Estados de Mato Grosso e Pará, a devastação do bioma foi de 522 quilômetros quadrados no período.
Recorde no ano, a degradação representa aumento de 220% em relação a agosto do ano passado. Desde julho de 2009, quando foram registrados 836 quilômetros quadrados de áreas desmatadas, a Amazônia Legal não havia atingido um nível tão alto – em 2012, o índice mensal não havia passado de 306 quilômetros quadrados, em fevereiro.
Estados tradicionalmente com os maiores níveis de desmatamento da região amazônica, Mato Grosso e Pará tiveram uma variação drástica em relação a julho. No Pará, passou de 93 para 227 quilômetros quadrados. Em Mato Grosso, a alta foi ainda mais brusca e quadruplicou: de 50, chegou a 208 quilômetros quadrados.
"Existe um afrouxamento deste controle do desmatamento em meio a questões como as mudanças no Código Florestal e esses Estados são áreas de maior pressão para o desmatamento, pois é onde avança o agronegócio", explica Miguel Scarcello, presidente da ONG S.O.S. Amazônia. "Em outras regiões, como no Acre, existem políticas públicas mais desenvolvidas para diminuir a degradação", acrescentou.

Fonte: Globo Rural