ALERTA – Produtor deve vender após altas por relatório do USDA, alerta AGR Brasil

Alerta é da consultoria AGR Brasil, que adianta sobre o alto volume especulativo que deve ocorrer nesta quarta, dia do relatório de oferta e demanda dos EUA

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Altas pré-USDA são ótimas oportunidades de venda, diz AGR Brasil
Elevação do dólar intensifica venda da soja
Soja fecha com alta de 31 pontos em Chicago
Soja chega a R$ 80,00 em Rio Grande
O mercado espera com expectativa a divulgação do relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sobre a oferta e a demanda da safra dos Estados Unidos nesta quarta, dia 12. A Consultoria AGR Brasil, em seu relatório diário desta terça, 11, indica que o produtor venda após as possíveis altas provocadas com a divulgação do documento, e alerta que o volume especulativo nesta quarta será grande.

De acordo com a consultoria, o mercado de commodities agrícolas se encontra atualmente ‘preso’ na ‘batalha’ entre oferta versus demanda. "Não uma batalha de falta de oferta e/ou excesso de demanda, como foi a história ano após ano durante 2007 a 2013, mas desta vez, apenas uma batalha de foco."

O foco atual do mercado, segundo a AGR, é na incerteza sobre o tamanho real da safra de milho e soja nos EUA. No entanto, o foco logo deve se voltar para a falta de demanda para a soja (e possivelmente também o milho) norte-americano.

Com ritmo de exportação este ano bem atrás do ritmo dos anos recentes, o trabalho do mercado, uma vez que tenha melhor definição sobre o tamanho da safra nos Estados Unidos, será tentar buscar demanda para o país norte-americano. "Tal tarefa será mais difícil do que normalmente seria, com a forte valorização do dólar dentro dos maiores competidores dos Estados Unidos no mercado global de exportação", afirmou o relatório.

COMMODITIES EM BAIXA

A soja de novembro fechou com baixa de 23 pontos, a US$ 9,71; o milho/dezembro teve baixa de 13 cents, a US$ 3,88, e o trigo/setembro, baixa de 18 pontos, a US$ 5,07.

Fonte : Canal Rural