AJUDA – Banco do Brasil antecipará recursos a fornecedores de máquinas agrícolas

Medida faz parte de acordo com a Anfavea e o Sindipeças para ajudar setor automotivo

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Venda de máquinas agrícolas cai 9,1% em julho
Vendas de máquinas devem cair em 2015/2016
O Banco do Brasil (BB) assinou nesta quarta, dia 19, um acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) para antecipar recursos para fornecedores do setor automotivo. A medida deve favorecer fabricantes de implementos e máquinas agrícolas.

O acerto prevê que o BB libere R$ 3,1 bilhões ao setor até o final do ano. Pela proposta, a Anfavea e o Sindipeças intermediarão os acordos de cooperação financeira entre o banco e empresas âncora e com os fornecedores estratégicos destas companhias.

Ao menos 26 empresas foram escolhidas para participar. O BB antecipará os recursos para fornecedores estratégicos destas companhias e, em troca, receberá das empresas âncora a programação de encomendas para determinado grupo de fornecedores, ao longo de um determinado período. O BB proverá aos fornecedores a antecipação dos valores que seriam recebidos pelo total das entregas.

Segundo o banco, a vantagem da medida é ter acesso direto e antecipado a recursos com melhores condições financeiras, sem necessidade de recorrer a taxas mais elevadas no desconto de duplicatas ou no financiamento direto de capital de giro. Para as âncoras, trata-se da possibilidade de negociação de prazos mais vantajosos no pagamento aos fornecedores.

Durante a cerimônia de assinatura do acordo, em São Paulo, o vice-presidente para Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do BB, Osmar Dias, disse que o acordo representa “um propósito de elevada importância ao país”, que pode ajudar o país a voltar à normalidade em termos econômicos.

– O produtor rural sempre quis mais produtividade, mas ele teve que contar com a tecnologia que foi investida no campo através de institutos de pesquisa, mas especialmente na tecnologia que foi colocada em prática pela indústria de máquinas e equipamentos. E essa tecnologia proporcionou um ganho de produtividade em 20 anos de mais de 200% (…) Por isso que eu acho que essa parceria [com a Anfavea e o Sindipeças] tem que ser sempre adubada, fertilizada. Nós não podemos no momento em que estamos atravessando no país, que todos sabem que é de dificuldade, sim, nós nos acomodarmos – afirmou.

Esteira Agro

O BB também lançou um novo modelo de revenda de máquinas e equipamentos agrícolas, chamado Esteira Agro BB. A plataforma permitirá que revendedoras possam acolher, gerir e acompanhar, na internet, as propostas de financiamentos dos bens que comercializam. Para se habilitar, a revenda precisa formalizar contrato de Correspondente Comercial Agro com o banco. O piloto da plataforma diminuiu o prazo para liberação de financiamento de 67 para 14 dias.

Segundo a instituição, o objetivo é garantir agilidade na liberação dos recursos de investimentos do Plano Safra. A meta é cadastrar, até o final do ano, mais de 1 mil revendas.

Fonte : Canal Rural