.........

AGRICULTURANOTÍCIAS – CONTINGENCIAMENTO – Seguro agrícola: Ministério da Agricultura se reúne com seguradoras nesta quarta-feira

.........

Fonte:Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pauta do encontro seria o possível corte de 90% dos recursos, como adiantou o Canal Rural na última sexta-feira

As seguradoras têm reunião agendada com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para a próxima quarta-feira, dia 31, à tarde. O tema do encontro é a forma como o seguro rural poderá ser afetado pelo contingenciamento de gastos da pasta. A maior preocupação das empresas que vendem seguro rural é com a contratação de cerca de R$ 98 milhões das apólices já feitas pelo Mapa. É que, como adiantou o Canal Rural na última sexta-feira, dia 26, o contingenciamento das despesas do ministério pode diminuir em até 90% o valor destinado ao seguro agrícola, ficando em torno de R$ 44 milhões.

Nesta segunda, dia 29, as seguradoras se reuniram no Rio de Janeiro para discutir o tema. Um dos presentes, Fábio Pinho, da Essor Seguros, disse que o encontro informal colocou problema em pauta e abriu para que as empresas possam pensar, até quarta-feira, o que devem fazer. "Não está descartada a hipótese de acabar com a venda de seguro de subsídio", afirmou Lima. Segundo ele, cada seguradora levará o pleito ao governo para se chegar a uma solução.

Já dentro do Ministério da Agricultura, fontes ligadas ao Canal Rural disseram que o corte para a Secretaria de Política Agrícola (SPA), sobretudo no seguro agrícola, tem preocupado as autoridades que, inclusive, já teriam levado o problema para o ministro Blairo Maggi na última quinta-feira, dia 25. Uma das soluções seria levar o problema ao Ministério do Planejamento.

O corte orçamentário na secretaria teria, entre outras coisas, sido motivada pela necessidade de desprender mais recursos para a Secretaria de Defesa Agropecuária, a qual enfrentou a crise relacionada à operação da Carne Fraca.

Plano Safra

Com o fim do mês de maio, também serão finalizadas as negociações em torno do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 – mais conhecido como Plano Safra. A previsão do governo é de que a divulgação aconteça na próxima segunda-feira, dia 5, ou, no mais tardar, no dia seguinte. O evento de lançamento será realizado no Palácio do Planalto, em Brasília, e contará com a presença de Michel Temer.

Nesta semana, ocorrem as últimas reuniões entre o Ministério da Agricultura e o da Fazenda para "bater o martelo" sobre os valores a serem submetidos ao Conselho Monetário Nacional (CMN), o que deve acontecer até a próxima sexta-feira, dia 2. 
O montante de recursos deve ficar entre R$ 182 bilhões e 184 bilhões, portanto, abaixo do valor da temporada anterior, quando o volume de crédito liberado foi de R$ 185 bilhões para crédito. Os juros, no entanto, diminuíram um ponto percentual, ficando a taxa mínima em 7,5%.

  • Nathália Coelho | Brasília
  • Fonte : Canal Rural