.........

Agricultura Sem visão

.........

Os vários leilões de milho da CONAB nos últimos cinco meses quase zeraram os estoques oficiais. Grandes grupos nacionais e estrangeiros sediados no País compraram muito – e seguraram o grão. Sabiam das iminentes quebras de safras do produto nos EUA e no Nordeste brasileiro, face à seca. Terão lucro gordo. Já ao governo restou o prejuízo. Precisa mandar para alguns Estados um milho que não tem – e se valorizou uns 300%, desde fevereiro.

Fonte: ISTO É Editoria: RICARDO BOECHAT