.........

AGRICULTURA – Renda no campo deve atingir R$ 546,3 bilhões em 2017

.........

Os números são relativos ao valor bruto da produção agropecuária calculado pelo Ministério da Agricultura

Soja brasileira possui fácil aceitação no mercado chinês (Foto: Thinkstock)

As projeções indicam aumento de 2,7% na renda dos produtores de soja, para $$ 117,5 bilhões (Foto: Thinkstock)

O valor da produção agropecuária dentro da porteira deve crescer 5,3% nesse ano e atingir R$ 546,3 bilhões, o maior da série histórica de 27 anos. Os cálculos elaborados pela Secretaria de Política Agrícola, do Ministério da Agricultura, refletem a safra recorde de grãos, estimada em 234,3 milhões de toneladas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

VBP MAIO 17 (Foto: VBP MAIO 17)Tabela com os números do VBP de maio  (Foto: VBP MAIO 17)

O destaque no estudo é o crescimento de 11,3% (R$ 38,1 bilhões) na renda do setor agrícola, para R$ 376,3 bilhões. Já o setor de proteínas animais amarga a terceira queda consecutiva, desta vez de 6% (R$ 10,8 bilhões) para R$ 170 bilhões.

As projeções indicam aumento de 2,7% na renda dos produtores de soja, para $$ 117,5 bilhões. No caso da cana-de-açúcar, que se destaca em segundo lugar, o valor da produção deve crescer 51,4% para R$ 76,7 bilhões. O milho, mesmo com a retração de preços neste ano, deve ter aumento de 25,7% na renda para R$ 51,5 bilhões.

Na pecuária de corte a previsão é de retração de 5,4% no valor da produção, para R$ 67,9 bilhões. A queda projetada na avicultura de corte é de 11,1% para R$ 48,1 bilhões. No caso da avicultura de postura a retração prevista é de 23,6% para R$ 10,3 bilhões. A renda da suinocultura deve aumentar 10,5% para R$ 15,8 bilhões. Na pecuária leiteira é esperado aumento de 2,8% para R$ 749 milhões.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : Globo Rural