AGRICULTURA – El Niño deve continuar a dar suporte a preços agrícolas no 1º semestre de 2016

Fenômeno ainda deve ser seguido pelo La Niña em 2016, alerta o BMI Research

agricultura_soja_chuva_mt (Foto: Aprosoja-MT)

Efeitos do fenômeno El Nino geraram impactos positivos e negativos às lavouras brasileiras (Foto: Aprosoja-MT)

Os riscos climáticos para commodities agrícolas foram particularmente elevados em 2015 com oEl Niño e devem continuar consideráveis em 2016, já que o fenômeno climático deve permanecer ativo no primeiro semestre do ano. Além disso, o El Niño pode ser seguido pelo fenômeno La Niña, alertou o BMI Research em nota.

saiba mais

O impacto das condições climáticas relacionadas aos fenômenos varia de acordo com a região, afetando a produção de forma positiva ou negativa. Mesmo assim, o resultado deve ser a elevação dos preços de commodities. "A redução da oferta que projetamos para 2016 pode ser exacerbada pelos impactos de condições climáticas anormais sobre a produção", disse a consultoria.

Segundo o BMI Research, os sinais indicam que este El Niño será um dos maiores que se tem registro. O fenômeno climático deve dar suporte aos preços de arroz, óleo de palma e açúcar no próximo ano.

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural