.........

Advogados monitoram redes sociais

.........

Fonte: Valor | Adriana Aguiar e Bárbara Pombo| De São Paulo

Com o monitoramento do site de relacionamentos Orkut, uma empresa de confecções conseguiu na Justiça do Trabalho livrar-se de uma acusação de assédio moral por poder comprovar que a ex-funcionária tinha marcado um encontro com uma testemunha do caso, cujo depoimento foi então descartado pelo juiz.

Exemplos como esse começam a tornar-se mais comuns no Judiciário. Informações em redes sociais – como o Orkut e o Facebook – estão sendo monitoradas por empregadores e advogados para serem usadas principalmente em processos trabalhistas.

Notícias relacionadas:
Advogados usam redes sociais para desqualificar testemunhas