Acordo fechado sobre endividamento agrícola

Fonte: FETAG-RS

O presidente da Fetag, Elton Weber, esteve em Brasília hoje (13), às 14h, participando da reunião do Grupo 

de Trabalho que trata do endividamento agrícola com o ministro-chefe da Secretaria-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, além dos Ministérios do Desenvolvimento Agrário e Fazenda. Weber destaca que após meses de reuniões e discussão sobre o tema, as entidades e o governo federal chegaram a um acordo sobre a renegociação das dívidas dos agricultores familiares e a publicação de uma resolução pelo CMN – Conselho Monetário Nacional na próxima semana deverá oficializar as decisões.
    O acordo prevê que todos os agricultores familiares que possuem operações de crédito rural contratadas até o dia 30/06/2010, independente de estarem inadimplentes ou adimplentes, poderão acessar uma nova linha de crédito para a recomposição do saldo devedor. Esta nova linha de crédito será limitada a R$ 25 mil por agricultor, com prazo de dez anos para pagamento e juros de 2% ao ano. Os agricultores que estiverem com suas operações em situação de inadimplência até o dia 30/09/2011 deverão efetuar o pagamento equivalente a 3% do saldo devedor vencido e assim para poder acessar o novo recurso.
    Segundo Weber, a proposta final apresentada é positiva e atende grande parte dos pleitos da categoria. No entanto, a concessão de bônus de adimplência proposto pelas entidades representativas não foi atendida pelo governo federal. A Federação acompanhará de perto a operacionalização das medidas anunciadas e cobrará dos agentes financeiros a agilidade na contratação da nova linha de crédito, tão logo seja publicada a resolução.