.........

ABCS pede ao governo aumento do limite de crédito para retenção de matrizes

.........

Representantes da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) estiveram reunidos no final da tarde desta quinta-feira (5) com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Caio Rocha, para reforçar as reivindicações dos suinocultores em busca de uma solução para a crise que afeta o setor.

Desta vez, a solicitação foi para que o Ministério da Agricultura realize um aumento no limite de crédito de custeio para as matrizes oferecido aos produtores.

A ABCS pede que seja o valor seja de R$ 500 por matriz, sendo que o teto de endividamento seja de acordo com a capacidade de pagamento de cada produtor. Como o pedido demanda custos para o governo, o secretário se comprometeu a elaborar uma justificativa ao Conselho Monetário.

Nesta semana, a ABCS já havia solicitado ao Ministério a liberação extra limite do crédito de custeio no valor de R$1.200.000,00 por suinocultor conforme aprovado no Plano Safra 2012/2013. A ABCS e os produtores que sofrem com a  crise do setor aguardam ansiosamente um posicionamento por parte do governo.

A crise que assola nossa atividade precisa de respostas rápidas por parte das autoridades. O produtor não pode sofrer sozinho as conseqüências da falta de políticas capazes de solucionar o problema. É preciso que o governo anuncie medidas a curto e médio prazo.

Fonte: Ruralbr | Postado por Marcelo Lopes, às 8:00